Noticias e Eventos

"O TEATRO É UM PAÍS EM SI MESMO ONDE CABE O MUNDO INTEIRO"


“A tradição do teatro é horizontal. Não há quem possa afirmar que o teatro está em algum centro do mundo, em alguma cidade ou prédio privilegiado. O teatro, como eu o recebi, estende-se por uma geografia invisível que mistura as vidas de quem o faz e o “artesanato teatral” num mesmo gesto unificador.Todos os mestres de teatro morrem com os seus momentos de lucidez e de beleza irrepetíveis, todos desaparecem do mesmo modo sem deixar outra transcendência que os ampare e os torne ilustres. Os mestres do teatro sabem-no, não vale nenhum reconhecimento perante esta certeza que é a raiz do nosso trabalho: criar momentos de verdade, de ambiguidade, de força, de liberdade na maior das precaridades. Deles não sobreviverão senão dados ou registos dos seus trabalhos em vídeos ou fotos que apenas recolherão uma pálida ideia daquilo que fizeram. Mas sempre faltará nesses registos a resposta silenciosa do público que percebe num instante que o que ali se passa não pode ser traduzido ou encontrado fora, que a verdade que ali se partilha é uma experiência de vida, por segundos mais diáfana que a própria vida.
Quando percebi que o teatro é um país em si mesmo, um grande território onde cabe o mundo inteiro, nasceu em mim uma decisão que é também uma liberdade: não tens de afastar-te nem sair do lugar onde estás, não tens de correr nem deslocar-te. Aí onde existes está o público.”

In: Mensagem para o Dia Mundial do Teatro 2019 de Carlos Celdrán, [dramaturgo, encenador e autor cubano, presentemente, diretor do grupo Argos Teatro, de Havana, foi convidado, para escrever a mensagem do Instituto Internacional do Teatro(ITI) - UNESCO, para celebrar o Dia Mundial do Teatro 2019].

Decorreram nos dias 21 e 22 de março as comemorações do Dia Mundial da Árvore, da Água e da Poesia numa parceria do Município de Penela com o Agrupamento de Escolas Infante D. Pedro, a rede de Castelos e Muralhas do Mondego, a Associação Tempos Brilhantes e ExperTree no Parque Verde da Quinta da Cerca - Espinhal. Dois dias preenchidos com diversas atividades ao ar livre e em contacto com a natureza onde o mote foi a sensibilização  sobre a importância da água, da defesa e preservação dos espaços florestais, não esquecendo o espaço da leitura a celebrar a poesia.