Apresentação da Rede

Esta rede de bibliotecas abrange as bibliotecas do concelho de Penela, distrito de Coimbra. É resultado de um trabalho colaborativo que se foi construindo e consolidando ao longo dos anos, num trabalho articulado entre a Biblioteca Municipal e as Bibliotecas Escolares do Concelho.

Objectivos:

  • Enriquecimento do Catálogo Coletivo e sua disponibilização online, como forma de promover um mais rápido acesso aos recursos documentais e simultaneamente uma gestão integrada da coleção ao nível concelhio.
  • Promoção da cooperação e do acesso aos recursos de informação, num quadro de gestão eficiente e eficaz dos recursos documentais disponíveis na rede.
  • Empréstimo interbibliotecas que consiste no empréstimo de recursos documentais entre as bibliotecas da Rede, potenciando e rentabilizando assim os recursos documentais de cada biblioteca.

Fale connosco

Contacte-nos

 

"O Dia Mundial do Livro é comemorado a 23 de Abril, por decisão tomada pela UNESCO em 1995.
Pretende-se, com esta comemoração mundial, promover o prazer da leitura e o respeito pelos livros e pelos seus autores.

O Livro e a Leitura são essenciais para o desenvolvimento de uma literacia plena, compreendida aqui como a aptidão para apreender e compreender a informação escrita na vida corrente, com vista à conquista dos objectivos pessoais, que passam pelo alargamento dos conhecimentos e das capacidades de cada um. O Livro, conceito onde se incluem a literatura em geral e a promoção da leitura, é um dos maiores valores de um país. Muitos dos autores são reconhecidos nacional e internacionalmente, e dão rosto a uma cultura que se quer afirmativa, moderna e de qualidade.
Num século XXI global, o livro e a leitura são factores determinantes para a criação de melhores níveis de literacia, para a promoção de uma leitura qualificada e competente, e para a transmissão de valores de auto-estima, de cidadania e de aprendizagem ao longo da vida.
Se o livro no seu suporte mais comum pouco mudou nos últimos 500 anos, já as técnicas do seu fabrico, as estratégias da sua comercialização, entre outros aspectos da designada «cadeia do livro», mudaram muito. E a leitura foi acompanhando esse movimento de suportes. Editor, tipografia, distribuidor, livraria e biblioteca são modelos que mudaram também, criando uma rede de intervenientes e actores poderosos chamados a participar nessa globalização que o livro pressupõe, e nesse elo indestrutível entre Autor e Leitor.
Esta data de 23 de Abril foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os homens oferecem às suas «damas» uma rosa vermelha de S. Jorge e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores falecidos neste dia, como William Shakespeare, Miguel Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega.
Este ano, a DGLAB divulga novamente um dos seus cartazes mais icónicos do Dia Mundial do Livro. Da autoria do ilustrador Pierre Pratt, o cartaz cruza de forma notável os dois elementos que simbolizam este dia.
PIERRE PRATT
Nasceu no Quebeque (Canadá) em 1962.
Estudou Artes Gráficas no Canadá. Vive em Lisboa.
Tem trabalhado na área da ilustração para editoras canadianas, francesas, inglesas, americanas e portuguesas."
iNFORMAÇÃO EM: DGLAB


Um hino à Terra...

“O nosso oásis cósmico, a pérola cósmica azul
O planeta mais bonito do universo
O nosso oásis cósmico, a pérola cósmica azul
Todos os continentes e oceanos do mundo
Juntos flora e fauna juntos espécies tudos
Preto, castanho, branco, cores diferentes
Somos humanos, a terra é o nosso lar

O nosso oásis cósmico, a pérola cósmica azul
O planeta mais bonito do universo
Todos os povos e todas as nações do mundo
Todos por um, um por todos
Juntos desenrolamos a bandeira azul
preto, castanho, branco, cores diferentes
Somos humanos, a terra é o nosso lar.”

"Earth Anthem" por Abhay K (poeta e diplomata indiano)