Apresentação da Rede

Esta rede de bibliotecas abrange as bibliotecas do concelho de Penela, distrito de Coimbra. É resultado de um trabalho colaborativo que se foi construindo e consolidando ao longo dos anos, num trabalho articulado entre a Biblioteca Municipal e as Bibliotecas Escolares do Concelho.

Objectivos:

  • Enriquecimento do Catálogo Coletivo e sua disponibilização online, como forma de promover um mais rápido acesso aos recursos documentais e simultaneamente uma gestão integrada da coleção ao nível concelhio.
  • Promoção da cooperação e do acesso aos recursos de informação, num quadro de gestão eficiente e eficaz dos recursos documentais disponíveis na rede.
  • Empréstimo interbibliotecas que consiste no empréstimo de recursos documentais entre as bibliotecas da Rede, potenciando e rentabilizando assim os recursos documentais de cada biblioteca.

Fale connosco

Contacte-nos

 
 
“Tenho pressa! … Não tenho tempo!... Adeus!...” Eis aqui expressões que ouvimos quase todos os dias, provavelmente não apenas na Lituânia, no coração da Europa, mas um pouco por todo o mundo. E também com frequência se ouve dizer que vivemos numa época de excesso de informação, de pressa, de aceleração. Mas quando pegamos num livro, sentimo-nos logo diferentes. É como se os livros tivessem uma característica maravilhosa: ajudam-nos a relaxar. Abrimos um livro, mergulhamos nas suas profundezas tranquilas, e esquecemos o medo de que tudo passe ao nosso lado a uma velocidade vertiginosa, não nos permitindo ver o que quer que seja. O livro faz-nos acreditar que podemos abandonar as tarefas aparentemente urgentes. Nele, tudo se passa calma e silenciosamente, segundo uma ordem pré-definida. Será porque as suas páginas são numeradas, e porque o virar das folhas, uma após outra, produz um murmúrio tão calmo, tão leve? Num livro, aquilo que é já passado encontra-se docemente com o que está ainda por chegar. O mundo do livro é um mundo aberto; nele, a realidade convive com a fantasia e com a imaginação. 
(…)
Tenho a certeza de que os livros poisados nos vossos joelhos não se aborrecem nem um minuto. É que quem lê – seja criança ou adulto -, é só por isso muito mais interessante do que aquele que resiste a pegar num livro, que está sempre com pressa e nunca se senta, e jamais tem tempo de observar seja o que for à sua volta. No Dia Internacional do Livro Infantil, o meu maior desejo é que existam livros interessantes para os leitores - e leitores interessantes para os livros.

In: Mensagem do IBBY internacional, para o dia Internacional do Livro Infantil 2019 da responsabilidade da Lituânia, do escritor e ilustrador Kęstutis Kasparavičius, (Trad. Maria Carlos Loureiro)
 
Mensagem na integra em português: Aqui