Noticias e Eventos

 

Aproveitando o cenário natural constituído pelo Castelo e Centro Histórico da Vila, Penela vai proporcionar aos que a visitem, nos dias 25 e 26 de Maio, um conjunto único de recriações históricas e de animações ao vivo alusivas à época medieval onde será dedicado ao tema "O Infante D. Pedro de Avis (1392 -1449)".


25 MAIO, SÁBADO: O INFANTE DAS SETE PARTIDAS
12H00 - Auto de Abertura do mercado com exposição de artefactos bélicos, panejamentos e acampamento castrense
13H00 - Comeres e beberes com sabores de antanho nas tabernas
14H00 - Visita do meirinho e do almotacé às tendas dos mercadores
15H00 - Espionagem, boatos e pedidos de casamento
16H00 - Cortejo do Infante D. Pedro na partida para a longa viagem
17H00 - Jogos e folias com a prole da Escola de ler, escrever e contar
18H00 - Ordenação dos cavaleiros para a viagem das «sete partidas»
19H00 - Danças mouriscas
20H00 - Manjares de petiscos fartos e beberes frescos nas tabernas
21H00 - Bailias e folias nos terreiros do castelo
22H00 - Assalto ao castelo - D.Pedro na Corte de Sigismundo, imperador do sacro império romano-germânico
23H00 - A Carta de Bruges
23H30 - Mare tenebrum com malabares de fogo
24H00 - A ronda dos beleguins para encerramento dos festejos


26 MAIO, DOMINGO: O REGENTE DO REINO

12H00 - Início dos folguedos com arruada de trovadores
12H30 - Leitura da Carta de Feira e Bênção do mercado
13H00 - Comeres tradicionais e beberes de mão-cheia nas tabernas
14H00 - Bailias e folias nos terreiros do castelo
15H00 - A Afronta de D. Afonso, Duque de bragança
15H30 - O duque de coimbra toca a rebate para que se reúnam as hostes
16H00 - Exaltação dos ideais de D. pedro de aviz pelos «gambuzinos»
16H30 - Danças Mouriscas
17H00 - Jogos e folias com a prole da Escola de ler, escrever e contar
17H30 - Ordenação de cavaleiros e infanções
18H00 - Adubamento de cavaleiros para a guerra civil
18H30 - A batalha de alfarrobeira
19H00 - Rito de Encerramento dos festejos e folguedos
19H30 - Selagem das pipas em homenagem às hostes do ducado de Coimbra

Concerto de Apresentação do trabalho com as crianças do primeiro ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas Infante D. Pedro de Penela, com a violinista Veliyana Yordanova do Teatro Nacional de S. Carlos (TNSC - OPART). Uma iniciativa dos Ministérios da Cultura e da Educação, operacionalizada pelo Programa de Educação Estética e Artística da Direção-Geral da Educação e que contou com o apoio do Município de Penela.
ENTRADA LIVRE!

 

"O Dia Mundial do Livro é comemorado a 23 de Abril, por decisão tomada pela UNESCO em 1995.
Pretende-se, com esta comemoração mundial, promover o prazer da leitura e o respeito pelos livros e pelos seus autores.

O Livro e a Leitura são essenciais para o desenvolvimento de uma literacia plena, compreendida aqui como a aptidão para apreender e compreender a informação escrita na vida corrente, com vista à conquista dos objectivos pessoais, que passam pelo alargamento dos conhecimentos e das capacidades de cada um. O Livro, conceito onde se incluem a literatura em geral e a promoção da leitura, é um dos maiores valores de um país. Muitos dos autores são reconhecidos nacional e internacionalmente, e dão rosto a uma cultura que se quer afirmativa, moderna e de qualidade.
Num século XXI global, o livro e a leitura são factores determinantes para a criação de melhores níveis de literacia, para a promoção de uma leitura qualificada e competente, e para a transmissão de valores de auto-estima, de cidadania e de aprendizagem ao longo da vida.
Se o livro no seu suporte mais comum pouco mudou nos últimos 500 anos, já as técnicas do seu fabrico, as estratégias da sua comercialização, entre outros aspectos da designada «cadeia do livro», mudaram muito. E a leitura foi acompanhando esse movimento de suportes. Editor, tipografia, distribuidor, livraria e biblioteca são modelos que mudaram também, criando uma rede de intervenientes e actores poderosos chamados a participar nessa globalização que o livro pressupõe, e nesse elo indestrutível entre Autor e Leitor.
Esta data de 23 de Abril foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os homens oferecem às suas «damas» uma rosa vermelha de S. Jorge e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores falecidos neste dia, como William Shakespeare, Miguel Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega.
Este ano, a DGLAB divulga novamente um dos seus cartazes mais icónicos do Dia Mundial do Livro. Da autoria do ilustrador Pierre Pratt, o cartaz cruza de forma notável os dois elementos que simbolizam este dia.
PIERRE PRATT
Nasceu no Quebeque (Canadá) em 1962.
Estudou Artes Gráficas no Canadá. Vive em Lisboa.
Tem trabalhado na área da ilustração para editoras canadianas, francesas, inglesas, americanas e portuguesas."
iNFORMAÇÃO EM: DGLAB